Encerramento e premiação Meu Bairro Vale um Filme (edição 2013)

Encerramos com chave de ouro o projeto Meu Bairro Vale um Filme (edição 2013). A premiação ocorreu na sexta-feira, dia 10 de janeiro de 2014, na Nave do Conhecimento deMeu Bairro vale u filme Irajá (127) Irajá. Estiveram presentes o Secretário Especial de Ciência e Tecnologia, Franklin Dias Coelho, a Assessora Especial da SECT, Maria Helena Cautiero, e Nelmo Linhares, da CCR, patrocinadora do projeto. Os participantes das oficinas, seus amigos e familiares também compareceram em peso. Todos receberam certificados e foram anunciados os vencedores do júri especializado e também da votação online. Cada um levou um cheque de R$ 1.000,00. Confira aqui os contemplados:

Premiados Madureira

Júri

1º lugar: Do Lixo Ao Samba – Bruno Ribeiro
Por retratar um tema essencial para a identidade cultural do bairro sem uso de falas e através da construção de um roteiro bem estruturado.

2º lugar: A bi Divercidade Madura – Quitério Franklin
Pelo humor e pelo olhar sobre a diversidade em Madureira. A história se desenvolve sob a perspectiva de um morador de rua.

Menção honrosa: Orquestra Sinfônica Mestre Bombeiro – Vladimir Cavalcante
Pela originalidade e pelo trabalho de edição de som e imagem na homenagem ao mestre Bombeiro da bateria da Portela.

Premiados Irajá

Júri

1º lugar: Havia Índios – Marcelo Laranjeira
Pela pesquisa histórica e criatividade de contar a história do bairro de forma tão próxima mesmo que sob o ponto de vista estrangeiro.

2º lugar: Nada Além de Palavras – Jéssica Cristina
Pelo uso poético/sensorial de som e imagem ao tratar de forma existencial sua relação com o bairro.

Menção honrosa: Cantinho da saudade, de Emanuel Carvalho
Por abordar as relações de amizade e contar através da memória afetiva de alguns dos seus moradores histórias representativas da solidariedade no bairro.

Votação online:

Madureira
Minha simples visão, de Henrique Gomes com 103 votos

Irajá
Cinema Na Rua – Jonathan Carlos com 92 votos